A EDP anunciou esta quinta-feira que chegou a acordo para a venda de 299,4 milhões de euros do défice tarifário em Portugal.

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a elétrica liderada por António Mexia adianta que a EDP Serviço Universal e a EDP Distribuição chegaram hoje a acordo para a venda de um total de 299,4 milhões de euros do défice tarifário em Portugal.

A EDP Serviço Universal fechou acordo para a venda de «uma parcela de 149,6 milhões de euros e respetivos juros, relativa ao défice tarifário de 2012, que resultou do diferimento por cinco anos da recuperação do sobrecusto de 2012 com a aquisição de energia aos produtores em regime especial (incluindo os ajustamentos de 2010 e 2011)».

A EDP Distribuição chegou a um entendimento para a venda do «direito a recuperar o valor do ajustamento anual, referente a 2011, da compensação devida pela cessação antecipada dos contratos de aquisição de energia, que foi objeto de diferimento em 2013 para 2014, no montante de 149,8 milhões de euros, acrescido de juros».

A EDP Serviço Universal é um comercializador de último recurso do sistema elétrico português e a EDP Distribuição é concessionária e operadora da Rede Nacional de Distribuição de energia elétrica.

A EDP Serviço Universal e a EDP Distribuição são ambas detidas a 100% pelo grupo EDP.