A poupança acumulada do leilão de eletricidade promovido pela Deco fixou-se em cinco milhões de euros, tendo 40 mil pessoas aderido ao tarifário proposto pela Endesa, anunciou a associação de defesa do consumidor em comunicado.

Num primeiro balanço da campanha «Pague menos luz», a Deco considera «uma poupança média anual de 18 euros para cada consumidor» e calcula que, «em três meses, os portugueses que aproveitaram os tarifários que surgiram na sequência do leilão de eletricidade conseguiram uma poupança acumulada superior a cinco milhões de euros».

As inscrições para o leilão da DECO encerraram no final de abril com 587.080 consumidores interessados em negociar um preço mais baixo para a fatura da eletricidade, informou o site da associação na altura.

«A associação de consumidores lamenta que, a 01 de julho, as ofertas [que se apresentaram depois no setor] tenham terminado, com exceção da Iberdrola que está em vigor até 15 de julho, e o panorama volte a ser o que vigorava a 30 de abril, em termos de tarifas e de condições contratuais. A DECO espera que não sejam necessários leilões sucessivos para obrigar o mercado a voltar a mexer e apresentar propostas competitivas aos consumidores», sublinha agora a associação.

Ao tarifário proposto pela Endesa, que foi a leilão, aderiram cerca de 40 mil pessoas, referiu a DECO, lembrando que «uma semana depois, a EDP reagiu com um tarifário que abrangia eletricidade, mas também gás natural. Seguiu-se a Galp e, por fim, a Iberdrola, com a proposta que proporcionava um desconto ainda maior».

«Com exceção da Iberdrola, os tarifários podiam ser contratados até ao final de junho e excluíam penalizações por desistência antes do fim do prazo. Todos tinham a vantagem de não depender das revisões trimestrais nas tarifas transitórias efetuadas pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE). Estas eram as condições exigidas pela DECO, para o tarifário vencedor do leilão», acrescentou a associação de defesa do consumidor.

A DECO remete, ainda, uma avaliação mais completa do leilão para o mês de setembro.