O consumo de combustíveis cresceu em abril em Portugal, pela primeira vez desde dezembro de 2010, revelam dados divulgados esta quinta-feira pela Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG).

Segundo informações da DGEG inicialmente noticiadas pelo «Jornal de Negócios», o consumo de combustíveis como GPL, gasolinas e gasóleo fixou-se em 5,233 milhões de toneladas, uma subida face aos 5,214 milhões registados no mês anterior, que não impede que o homólogo face a abril do ano passado seja uma quebra de 8,8%.

A última subida no consumo de combustíveis rodoviários havia sido em dezembro de 2010, quando passou 6,284 para 6,306 milhões de toneladas, segundo a DGEG, momento a partir do qual veio a cair até ao quarto mês deste ano.

Em termos desdobrados, o consumo de gasóleo passou de 4,081 em março para 4,089 milhões de toneladas em abril, enquanto a gasolina 95 subiu de 1,025 para 1,027.

«Pela primeira vez desde 2010, o ano-móvel inverte a tendência de queda quando comparado com o ano-móvel do mês anterior», refere o documento de estatísticas rápidas referentes a abril da DGEG.

Quanto aos preços, a DGEG constata que «o gasóleo rodoviário, a gasolina 95 e o GPL Auto, em abril de 2013, estão respetivamente 6%, 7% e 3,5% abaixo dos preços de abril de 2012».