Os trabalhadores da Carris vão parar dia 07 de novembro para a realização de um plenário, destinado a debater formas de luta para contestar a proposta de Orçamento do Estado para 2014, disse esta quinta-feira um dirigente sindical.

Manuel Leal, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS), adiantou à agência Lusa que os trabalhadores vão estar parados entre as 09:30 e as 15:30.

«Esta paragem não vai afetar diretamente a população. Tivemos em conta os passageiros e decidimos concentrar os trabalhadores numa hora em que há menor circulação de autocarros», afirmou o sindicalista.

Para permitir que o maior número de trabalhadores possa participar no plenário, o sindicato optou por entregar um pré-aviso de greve.

«Vamos fazer um plenário geral centralizado na estação de Miraflores para discutir com os trabalhadores as formas de luta. Para o realizar, vamos entregar um pré-aviso de greve», disse Manuel Leal.

Os trabalhadores das empresas públicas de transporte decidiram na quarta-feira realizar uma manifestação nacional a 09 de novembro e 15 dias de greves a partir do dia 25 de outubro.

Em causa estão as reduções salariais, concessão das empresas públicas de transporte a privados e a redução das indemnizações compensatórias, entre outras medidas previstas no Orçamento do Estado para 2013.