O presidente da BP Portugal, Pedro Oliveira, indicou esta sexta-feira que «a grande reestruturação da BP Portugal está feita para já», em declarações após o final da apresentação da última edição da BP Statistical Review of World Energy, em Lisboa.

«Neste momento temos cerca de 130 trabalhadores¿, indicou à Lusa o mesmo responsável.

«Vendemos a operação de gás em Portugal, que tinha cerca de 70 funcionários, e antes disso tínhamos cerca de 230 funcionários», explicou, acrescentando que as saídas decorreram «com paz social».

«Isso é um dossier fechado para nós, estamos é a olhar para a frente», defendeu. «Queremos crescer em Portugal e vamos ter 400 postos de combustível até 2017.»

Em setembro passado, o presidente da BP Portugal tinha indicado aos jornalistas que desde 2006, quando teve início um grande processo de reestruturação na empresa em Portugal, tinham saído 200 trabalhadores.

O mesmo responsável acrescentou ainda que apesar de estar feita a grande reestruturação, «qualquer empresa num mercado competitivo tem de estar sempre a olhar para a sua linha de custos».