O Banco Comercial Português (BCP) concluiu hoje a execução de uma nova operação de titularização de créditos, envolvendo uma carteira de contratos de leasing de empresas e empresários em nome individual no montante de 1.000.000.000 de euros.

«A operação, que é neutra em termos de liquidez, tem subjacente uma estrutura de natureza sintética que assegura a transferência de parte significativa do risco de crédito associado à referida carteira e cuja colocação foi efetuada no mercado internacional junto de um conjunto de investidores especializados», informou o banco liderado por Nuno Amado, num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O BCP estima atingir com a operação uma redução equivalente dos seus ativos ponderados pelo risco de cerca de 560 milhões de euros, o que implica um impacto de mais 17 pontos base no rácio core tier 1 (de acordo com o critério do Banco de Portugal) e de mais 15 pontos base no rácio common equity tier 1 (de acordo com os critérios de transição para as novas regras europeias), tendo como referência as demonstrações financeiras do primeiro trimestre.

«Esta operação enquadra-se no plano estratégico em curso e reafirma a capacidade do BCP em aceder aos mais diversos segmentos do mercado de capitais», salientou o banco.