A Autoeuropa já exportou 10 milhões de peças para vários modelos de automóveis da marca alemã e está-se a afirmar cada vez mais, segundo a empresa, neste segmento de negócio no seio do grupo Volkswagen.

«A diversificação do nosso negócio através da produção de peças e ferramentas para outras unidades de produção tem reforçado a nossa importância no seio do Grupo Volkswagen, pois são poucas as empresas do grupo que detém esta capacidade tecnológica», afirma o diretor-geral da Volkswagen Autoeuropa, António de Melo Pires, em nota de imprensa hoje divulgada.

«[A produção de peças] é uma importante mais-valia que temos e que continuaremos desenvolver», acrescenta António Melo Pires.

De acordo com dados divulgados pela Autoeuropa, a produção de peças e ferramentas na área de prensas da fábrica de Palmela já constitui, desde 2008, «uma importante fonte de receitas para a empresa».

Além de suprir as necessidades da linha de montagem dos veículos produzidos em Palmela - Sharan, Eos, Scirocco e do Seat Alhambra -, a Autoeuropa fornece várias peças para as linhas de produção de outras fábricas de automóveis do grupo alemão, designadamente para diversos modelos das 'famílias' do Golf, Jetta, Touran, Tiguan, Pólo, Audi, Skoda e Porshe.