O dossiê da Espírito Santo Saúde está a despertar cada vez mais atenção no mercado: depois da oferta pública de aquisição lançada pelo grupo mexicano Ángeles, em agosto, esta quinta-feira foi a vez do Grupo Mello avançar com o anúncio preliminar da OPA. A Amil, através da casa-mãe, os norte-americanos da United Health, poderá também estar prestes a entrar na corrida.

Segundo o Diário Económico, o grupo já contará com o apoio do Banco Pactual, banco de investimento brasileiro, como assessor financeiro.

Em 2012, a ES Saúde era um dos candidatos à compra dos HPP, grupo que pertencia à CGD, entretanto adquirido pela Amil. Pouco tempo depois de a operação estar fechada, a Amil foi adquirida pela United Health.

A United Health é acionista da Advance Care, maioritariamente detida pela Tranquilidade (do Grupo Espirito Santo). O grupo detém em Portugal, através da Lusíadas Saúde, hospitais em Lisboa, Porto e Faro e o Hospital de Cascais em regime de parceria público-privada.