A Air France-KLM anunciou esta segunda-feira que os ataques terroristas de 13 de novembro em Paris reduziram o seu volume de negócios no último mês do ano em 70 milhões de euros.

Contudo, o efeito foi amplamente minimizado ao longo das últimas duas semanas, segundo indicou o grupo franco-holandês.

“O impacto negativo dos ataques de Paris em dezembro nas receitas foi estimado em cerca de 70 milhões de euros, com uma flexibilização significativa nas últimas duas semanas. A tendência de reservas em dezembro esteve em linha com uma recuperação gradual”, refere um comunicado do grupo, citado pela agência AFP.