O ActivoBank, do grupo Millennium BCP, mais que triplicou a base de clientes entre 2010 e 2013, e definiu como meta atingir os 100 mil clientes nos próximos dois anos, revelou hoje o presidente Nelson Machado, citado pela Lusa.

«Há três anos tínhamos 16 mil clientes, hoje temos 53 mil clientes e queremos chegar ao final de 2015 com 100 mil clientes», avançou o banqueiro, num encontro com jornalistas, em Lisboa.

Segundo Nelson Machado, o banco está a captar cerca de 1.500 novos clientes por mês, isto, com «apenas» 14 agências em todo o país.

«O principal valor do ActivoBank é a simplicidade. Há um 'trade off' [troca]: os clientes abdicam da agência física e, devido à inexistência de custos significativos com a rede, o banco pode pagar um pouco mais pelos seus depósitos, ao mesmo tempo que corta três comissões básicas (manutenção da conta à ordem, cartão de débito e cartão de crédito», realçou.

De resto, de acordo com o presidente do ActivoBank, é notória a tendência entre os clientes bancários para «reduzir o número de contas por causa das comissões», e este é o terreno que o banco quer capitalizar.

Neste momento, o ActivoBank só oferece serviços para clientes particulares, mas a possibilidade de alargar a atividade a clientes empresariais não é excluída.

Quanto a resultados, Nelson Machado aponta para que o breakeven [equilíbrio entre receitas e custos] seja atingido no próximo ano.