Os acionistas da Dell aprovaram a compra da empresa pelo seu fundador, Michael Dell, e o fundo Silver Lake, numa operação avaliada em 24.900 milhões de dólares (cerca de 18.700 milhões de euros), anunciou a empresa.

A oferta, aprovada em assembleia-geral de acionistas, supõe o pagamento de 13,75 dólares por ação (10,3 euros ao câmbio de hoje).

O objetivo de Michael Dell, que fundou a fabricante de computadores em 1984 e que detém 16% das ações, é tirar a empresa de bolsa para poder fazer alterações sem a pressão dos acionistas ou dos mercados financeiros, segundo a agência Efe.

«Estou satisfeito com este resultado e sinto-me com forças para continuar a converter a Dell num líder do setor», afirmou Michael Dell num comunicado, citado pela Efe.

A 02 de agosto, o presidente executivo e fundador da Dell elevou a oferta de compra da empresa, aumentando a proposta de compra para 13,75 dólares por ação, acrescidos de um dividendo especial, tendo também chegado a acordo para uma mudança nas regras de votação do negócio, que eram um obstáculo à sua concretização.