A CaixaBank encerrou esta sexta-feira a compra do negócio do Barclays em Espanha por 820 milhões de euros e anunciou uma «reestruturação laboral» na nova filial para a tornar mais eficaz e rentável.

O banco catalão entregou hoje em Madrid ao Barclays 820 milhões pela compra, que inclui o negócio da banca de retalho, da gestão de património e banca corporativa da entidade britânica em Espanha.

Com esta aquisição, que já tinha sido anunciada em agosto, o Barclays Bank SAU passa a ser uma nova filial do grupo CaixaBank, com 550 mil novos clientes, uma rede de 262 balcões e cerca de 2.400 funcionários, segundo um comunicado.

O preço foi calculado em função do património do Barclays Bank SAU que a 31 de dezembro de 2014 era de 1.714 milhões de euros, mas ainda poderá ser ajustado em função do património líquido final quando forem divulgadas as contas anuais.

Após a assinatura do acordo, realizou-se a primeira reunião do novo conselho de administração do Barclays Bank SAU, presidido por Juan Alcaraz, diretor-geral do banco catalão.

Na primeira reunião, alcançou-se um acordo quanto a «uma reestruturação laboral» que será feita de forma a «adaptar-se às novas necessidades e com o objetivo de lançar as bases para ganhar eficiência e rentabilidade», segundo o comunicado da CaixaBank.