O Barclays vai pagar uma multa adicional de 150 milhões de dólares (141 milhões de euros) ao regulador financeiro de Nova Iorque devido a alegações de que teria defraudado mercados de câmbio estrangeiros, escreve a Reuters, citando o regulador (NYDFS, na sigla em inglês).

O banco terá usado o sistema Forex para rejeitar automaticamente clientes que não trariam lucro devido às oscilações de preços.

O Barclays não confirmou a rejeição de transações, dizendo apenas que houve “problemas técnicos”.

É a segunda multa que o banco tem de pagar este ano. Em maio, o mesmo regulador já havia multado a instituição em 635 milhões de dólares (597 milhões de euros) , num processo relacionado também com a conduta no mercado Forex.