Ralph Lauren vai demitir-se do cargo de diretor executivo (CEO) da marca com o seu nome. Stefan Larsson, o presidente da Gap, é apontado como seu sucessor.

Apesar da substituição, Ralph Lauren, que mostrou a última coleção em setembro, na semana da moda de Nova Iorque, vai continuar ligado à empresa, como diretor criativo.

“O meu trabalho é pensar sempre no futuro da nossa empresa e como fazê-la evoluir. Tivemos um sucesso tremendo ao expandir as marcas da Ralph Lauren pelo mundo e a criar uma grande equipa de gestão. Agora, todas as peças estão no lugar para o nosso negócio continuar a crescer”, afirmou.


A decisão foi tomada numa altura em que foi registada uma queda nas vendas da marca. Os investidores já retiraram 7,5 mil milhões de euros da avaliação da Ralph Lauren, desde o ano passado.

A notícia da chegada de Stefan Larsson à empresa pode reverter a situação, uma vez que, desde que a informação foi divulgada, as ações da marca já subiram cinco por cento.