O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, anunciou esta terça-feira que o Governo vai lançar um concurso para investimento hoteleiro em, pelo menos, 30 imóveis públicos, para promover o património nacional.

Queremos lançar um desafio aos investidores portugueses. Estamos a fazer uma lista de imóveis públicos, imóveis que são património nacional, para investimento hoteleiro”, anunciou o ministro numa intervenção proferida no almoço mensal de associados da AHP – Associação da Hotelaria de Portugal, em Lisboa.

Numa primeira fase, “queremos lançar 30 destes edifícios únicos e queremos que estes espaços únicos recebam investimento de qualidade, com regras, para que não fique tudo preso em processos de licenciamento muito longos”.

Inicialmente, serão colocados a concurso 30 edifícios de Norte a Sul do país, mas o executivo pretende alargar o número de imóveis que poderão vir a ser recuperados por empresários, quer sejam portugueses, quer sejam estrangeiros.

Este concurso é dirigido “a quem, no mercado, queira fazer investimentos com uma perspetiva de médio e longo prazo, numa perspetiva de valorizar e diferenciar a oferta portuguesa”.

Estamos a convidar, em primeiro lugar, os empresários portugueses com a certeza de que vamos também convidar grupos estrangeiros e queremos que portugueses e estrangeiros valorizem este património e façam disto um fator diferenciador que nos afirme lá fora”, rematou o ministro da tutela.

O ministro remeteu para mais esclarecimentos sobre o assunto em breve.