Observador

No recurso pode ler-se que o pedido serve para mostrar “à sociedade a noção de que os tribunais se mantêm atentos na defesa e protecção das legítimas expectativas dos cidadãos e, em especial, das vítimas”.