O Conselho Metropolitano do Porto (CmP) reúne-se hoje para discutir o processo de ajuste direto da subconcessão da STCP e da Metro do Porto, que suscitou duras críticas dos autarcas, trabalhadores e da maioria dos partidos.

O presidente do CmP, Hermínio Loureiro, um social-democrata que lidera a câmara de Oliveira de Azeméis, convidou homólogos envolvidos no processo para uma reunião, esta sexta-feira, pelas 12:00, “para discussão sobre os últimos dados da [subconcessão] STCP/Metro”, disse à Lusa fonte oficial.

O agendamento da reunião extraordinária do Conselho Metropolitano surge depois de o Ministério da Economia ter informado que a concessão das operações da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) e da Metro do Porto vai ser atribuída por ajuste direto.