O mestrado de Gestão da Universidade Nova de Lisboa subiu 17 lugares em apenas um ano no ranking do jornal Financial Times. Foi a instituição que maior evolução registou entre as 80 analisadas e ocupa agora a 31ª posição.

O mestrado da Universidade Católica desceu na tabela para o lugar 59, mas mesmo assim continua a ser dos mestrados que garante mais emprego.

A Católica consegue 98% dos estudantes colocados no mercado de trabalho, enquanto a Universidade Nova coloca 87%.

A Universidade de St. Gallen, na Suíça, mantém o primeiro lugar no ranking, seguida da HEC Paris e da Essec Business Scholl, também francesa.

O ranking do Financial Times distingue os melhores mestrados em gestão