O Tesouro Público espanhol colocou esta quinta-feira 4.034 milhões de euros em títulos a vários prazos, com quedas nos juros das três emissões, segundo dados do mercado.

Em concreto colocou 2.379 milhões de euros a cinco anos com um juro médio de 2,871%, abaixo dos 3,059% pagos no leilão interior e com uma procura que foi 2,5 vezes superior à oferta.

Colocou ainda 1.148 milhões de euros nas obrigações a 10 anos, com um juro médio de 4,164%, abaixo dos 4,269% pagos no leilão equivalente anterior, e com uma procura que foi 2,6 vezes superior á oferta.

Finalmente, a 13 anos colocou 507 milhões de euros com juros médios de 4,469%, abaixo dos 4,540% pagos no leilão anterior, sendo que neste caso a procura foi 2,4 vezes superior á oferta.

Esta operação decorreu num momento positivo no mercado da dívida soberana espanhola, com o risco da dívida - medido pelo diferencial entre os títulos espanhóis e alemães a 10 anos ¿ a cair para taxas de 2011.

Na operação anterior, a 3 de outubro, Espanha colocou 3.509 milhões de euros a vários prazos, também com descidas de juros.

Desde janeiro Espanha captou já 115.798 milhões de euros a médio e longo prazo, mais de 92% do objetivo total para o ano, que é de 121.300 milhões de euros.