As taxas Euribor desceram esta segunda-feira a três meses, mantiveram-se a seis e nove meses e subiram a doze meses em relação a sexta-feira.

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, foi hoje fixada de novo em 0,049%, o atual mínimo de sempre registado pela primeira vez a 28 de maio.

A nove meses, a Euribor também se manteve em 0,099%, depois de ter descido a 28 de maio até para o atual mínimo de sempre, de 0,098%.