O PSI-20 encerrou a sessão a ganhar 1,46% nos 6.901,18 pontos, a acompanhas as subidas das pares europeias.

O setor da banca foi o forte impulsionador: o BCP, por exemplo, trepou 26,9%, fixando o preço das ações em 0,14 euros. Recorde-se que o preço das ações sofreu esta terça-feira um ajuste técnico devido ao aumento de capital, e estas passaram a valer 0,11 euros.

Também o BES conseguiu uma impressionante subida de 13,8%, com as ações a valerem 0,69 euros, depois de ter estado a cair 12% na sessão de hoje, numa recuperação técnica.

O ESFG não teve a mesma sorte: encerrou a cair, ainda que menos acentuadamente que nos dias anteriores, 1,4%, nos 1,38 euros por ação.

O BPI beneficiou destas subidas da banca a apreciou 5,3%, fixando o preço das ações em 1,61 euros.

A PT continua a tombar 4,7%, com as ações nos 2,55 euros, no dia em que a Kepler Cheuvreux cortou o preço alvo da PT para 2,6 euros. Os analistas consideram que o investimento da PT na Rioforte tem «consequências negativas» para a cotada.

Na Europa, as principais praças encerraram a sessão em alta. Destaque para Milão, que trepou 1.3%. Paris e Londres subiram 0,9%, Madrid ganhou 0,8% e Frankfurt apreciou 0,6%.