A Standard & Poor¿s reviu a notação de risco de crédito de contraparte de longo prazo do BES de B- para CC, ou seja, altamente vulnerável a atrasos de pagamento e a incumprimento iminente.

Moodys coloca rating do Novo Banco em lixo

A notação mantém-se em revisão para uma possível descida de rating.

A informação foi comunicada pelo banco à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários.

A S&P reviu ainda as notações relativas às emissões do BES não diferíveis de dívida subordinada e outros instrumentos híbridos de CCC- para C, refletindo maior risco.

No dia 8 de agosto a agência de notação tinha suspendido a classificação da dívida sénior do BES, passando-a de vigilância negativa para a condição de «em desenvolvimento».

A S&P justificou a decisão com o facto de não acompanhar atualmente o Novo Banco, que ficou com a generalidade das obrigações séniores, e por não dispor de informação suficiente para vigiar a evolução do rating.