O setor financeiro grego está esta sexta-feira a impulsionar a Bolsa de Atenas que segue a negociar em alta de 4,81% para 887,18 pontos, numa reação de otimismo em relação a um possível um acordo na zona euro.

O índice ASE da bolsa grega estava a ser impulsionado pelo setor financeiro do país, que avançava 7,51% em relação ao dia anterior, segundo a agência Bloomberg, nota a Lusa.

Após meia hora de negociações, a praça de Atenas transacionava em forte alta, ao subir 7,54% para os 910,38 pontos, em linha com as principais congéneres europeias e depois de na quarta-feira ter encerrado também em alta.

O Governo grego rejeitou, entretanto, entusiasmos prematuros relativamente às negociações da Grécia com a zona euro, que se desenrolam sobre «uma forte pressão», segundo o porta-voz do Governo.

«Não queremos mostrar demasiado entusiasmo antes de chegar a um acordo», declarou Gabriel Sakellaridis à estação televisiva Antenna TV.

«Os gregos têm de compreender que se trata de uma negociação crucial e difícil, a pressão é muito forte», acrescentou o porta-voz.

Entretanto, as discussões técnicas entre as autoridades gregas e as instituições que compõem a troika, Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional, já arrancaram hoje, tentando abrir caminho para um entendimento no Eurogrupo da próxima segunda-feira.

Um alto responsável do fórum de ministros das Finanças da zona euro confirmou hoje em Bruxelas o arranque do trabalho técnico, depois de, na quinta-feira, o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, e o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, terem concordado em relançar as negociações, com vista a um acordo político sobre o programa de assistência à Grécia na reunião da próxima segunda-feira do Eurogrupo.

Na quarta-feira, uma primeira reunião extraordinária do Eurogrupo, a primeira na qual participou o novo ministro grego, Yanis Varoufakis, revelou-se inconclusiva.