A agência de notação financeira Standard & Poor's baixou esta sexta-feira a nota de solvibilidade da Rússia, de BBB para BBB-, mantendo a sua perspetiva «negativa», devido ao crescente clima de tensão com a Ucrânia.

A agência justificou a manutenção da perspetiva negativa com a risco de um aumento da fuga de capitais.

No primeiro trimestre do ano, a saída de capital da Rússia duplicou, face ao período homólogo de 2013, para 50,6 mil milhões de dólares norte-americanos (37 mil milhões de euros) face à incerteza criada pela crise.

«No nosso ponto de vista, a saída de um volume significativo de capitais no primeiro trimestre aumentou o risco de uma acentuada deterioração do financiamento externo», refere a Standard & Poor's, num comunicado, citado pela agência noticiosa francesa AFP.