A REN - Redes Energéticas Nacionais colocou esta quinta-feira 400 milhões de euros em obrigações a sete anos com uma taxa de juro de 4,75%, anunciou a empresa.

«Estamos muito contentes com o sucesso de mais uma emissão obrigacionista da REN», afirmou o presidente executivo da REN.

«A procura foi não só três vezes superior ao montante pretendido, como o interesse dos investidores internacionais aumentou, representado estes a larga maioria da procura final», acrescentou Rui Cartaxo.

Apesar de a REN já estar «refinanciada por mais de dois anos», o presidente entende que esta emissão «permite melhorar ainda mais o perfil de liquidez» da empresa e «reforçar a tendência de redução do custo médio da dívida».

Colocada pelos bancos Caixa BI, ING, JP Morgan, Royal Bank of Scotland e Société Générale, a emissão tem maturidade em 16 de outubro de 2020.