A PT encerrou a sessão a tombar 12,05%, com as ações a valer 1,20 euros, a pressionar o PSI-20 que fechou o dia a perder 2,84%, nos 5.061,37 pontos.

As 18 cotadas do índice encerraram no vermelho, oito delas a perder mais de 2%.

No segundo lugar da lista vem o BCP, que derrapou 5,4%, nos 0,08 euros por ação. O BPI perdeu menos, 3,0%, para os 1,51 euros.

No setor da energia, a Galp caiu 4,3%, para os 10,96 euros por ação, enquanto a EDP depreciou 1,6%, fixando o preço dos títulos em 3,28 euros.

Também as construtoras tiveram um mau dia nos mercados: a Teixeira Duarte desvalorizou 4,4%, nos 0,74 euros. Já a Mota-Engil foi das cotadas que menos perdeu, 06%, com cada titulo a valer 4,20 euros.

Na Europa, as principais praças financeiras também encerraram a sessão em terreno negativo, com Milão a derrapar 2,2% e a liderar as perdas. Madrid caiu 21,%, Paris desceu 1,5%, Frankfurt depreciou 0,9% e Londres desceu 0,5%.