O índice de referência nacional PSI20 negoceia em leve queda, ao contrário das subidas europeias, ajustando à exclusão das ações do Banco Espírito Santo (BES), a zero euros, segundo analistas.

BES: ações são excluídas hoje do PSI20

«No dia em que as ações do BES foram suspensas de negociação valiam 12 cêntimos, mas hoje saíram do PSI20 a valer zero euros, e o que está a acontecer hoje é que o índice está a ajustar a estes valores», explicou o operador da GoBulling no Porto, Gualter Pacheco, à Reuters.

O PSI20 cai 0,2% para 5.398 pontos, com 15 dos atuais 18 títulos cotados no índice em queda, tendo sido movimentados 301 milhões de ações ou 36,5 milhões de euros (ME).

As ações do BES, suspensas desde dia 1 de Agosto, foram excluídas do PSI20, a partir de hoje.

Apesar da queda do índice, a maioria dos títulos negoceiam em alta, com destaque para as subidas mais fortes do sector financeiro, a recuperar dos tombos recentes.

Assim, o Millennium bcp valoriza 4,4% para 0,0877 euros, o Banif ganha 4,35% para 0,0072 euros e o BPI sobe 2,56% para 243 euros.

Nota positiva para construtoras Mota-Engil e Teixeira Duarte, que valorizam mais de 4%, para 4,051 euros e 0,677 euros, respetivamente.

Note-se que dada a exposição que têm ao sector financeiro, as construtoras têm também sido fortemente penalizadas nas últimas semanas.

Em queda, seguem os títulos da Jerónimo Martins, a cair 0,15% para 10,045 euros, da Portugal Telecom, a descer 0,61% para 1,465 euros e dos CTT a ceder 0,4% para 7,439 euros.