O PSI 20 encerrou a penúltima sessão do ano em queda, depois de seis sessões a subir, e recuou 1,37% para 6.553,60 pontos, com os títulos da banca e da Portugal Telecom a liderarem as maiores quedas.

Entre as 20 cotadas que compõem o índice de referência da bolsa de Lisboa, 14 encerraram no vermelho e apenas seis valorizaram.

A queda protagonizada pelo setor bancário foi suficiente para colocar o mercado nacional com um fraco desempenho, face aos pares europeus, sendo este o maior tombo do PSI20 desde o dia 23 de outubro.

As ações do BCP lideram as perdas da sessão, anulando alguns ganhos registados nas últimas seis sessões, ao recuarem 7,77% para 0,168 euros, «num movimento claro de tomada de mais-valias após os recentes ganhos», destacam os analistas do BPI online.

O BES e o BPI acompanharam este comportamento com perdas compreendidas entre os 1,72% e 4,43%, para 1,02 euros e 1,18 euros, respetivamente.