A bolsa de Lisboa encerrou a terceira sessão da semana a derrapar 3,31% para os 6.845,76 pontos, a maior queda da Europa.

O setor da banca foi o principal responsável pelo dia vermelho na bolsa: o BCP tombou 10,3%, com cada ação a valer 0,168 euros, o valor mais baixo dos últimos meses. Também o BES perdeu 5,09%, fixando o preço das ações em 1,176 euros.

A motivar este comportamento poderão estar receios de que o Executivo venha travar o alívio da fatura fiscal para a banca, conforme avançou a Lusa esta terça-feira.

A PT também fechou no vermelho, a descer 2,23%, para os 3,514 euros. Já a EDP que perdeu 0,49%, para os 2,829 euros.

Na Europa, Madrid fechou a sessão a descer 0,75%, Milão derrapou 0,19%, Frankfurt perdeu 0,09%, Londres perdeu 0,06%e Paris desceu 0,03%.