O PSI20 fechou esta terça-feira a perder 1,50% para 6.016,58 pontos, pressionado pelos títulos da banca e em especial pela queda superior a 9% do BES.

Entre os 20 títulos do principal índice da bolsa portuguesa, 15 fecharam a perder e cinco valorizaram, levando o índice a descer da barreira psicológica de 7.000 pontos.

O BES liderou as quedas, ao ceder 9,62% para 0,77 euros, a quinta queda consecutiva das ações do banco, num momento em que este passa por um processo de alterações na gestão, com destaque para a saída do líder histórico Ricardo Salgado da presidência executiva.

A Espírito Santo Financial Group (a holding familiar que detém 25,1% do BES) foi o segundo título que mais perdeu, 7,77% para 2,26 euros.