O principal índice da bolsa portuguesa, o PSI20, seguia esta terça-feira a cair, em linha a tendência da abertura, em linha com as restantes praças europeias e com a Jerónimo Martins a desvalorizar perto de 3%.

O PSI20 seguia a cair 0,81% para 7.084,81 pontos, com 18 empresas negativas e apenas duas a negociar em terreno positivo.

A liderar as perdas seguia a Sonae Indústria e a Jerónimo Martins, que recuavam 3,61% e 2,93% para 0,8 e 13,59 euros.

Em terreno positivo seguia apenas a Portugal Telecom e REN, com ligeiros ganhos de 0,325% e 0.04% para 3,54 e 2,45 euros.

Lisboa seguia a negociar em linha com a Europa, com os investidores a aguardarem pelos resultados relativos ao conjunto de 2013 dos bancos de investimento norte-americanos JP Morgan e Wells Fargo.

Serão também publicados dados relativos à produção industrial na zona euro e a OCDE disponibilizará dados sobre as taxas de desemprego harmonizadas nos países membros.

Tanto o euro como o barril de petróleo Brent iniciaram a sessão em alta nos seus respetivos mercados, com a moeda única europeia a trocar-se a 1,3662 dólares e o crude de referência na Europa a cotar no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres a 106,95 dólares, mais 0,2 dólares face ao fecho de segunda-feira.