As subidas do grupo EDP, NOS e Sonae levam o índice de referência nacional PSI20 a avançar 0,8%, a acompanhar os pares, recuperando parcialmente o terreno perdido na sessão anterior, em que recuou 2%.

A apoiar, a divulgação das minutas da reunião da Reserva Federal norte-americana (FED) de Setembro, que expressou preocupação com o impacto da força relativa do dólar e disse que as dificuldades na recuperação económica na Europa e Ásia justificam manter uma política monetária comoda no futuro próximo.

Os mercados na Europa avançam, com o índice eurofirst 300, que segue as 300 maiores empresas cotadas da europa, a somar 1%.

Contudo, num alerta para a saúde económica do bloco do euro, as exportações da Alemanha, afundaram 5,8% em Agosto, a mais cavada queda desde Janeiro de 2009, em plena crise financeira global.
Lisboa segue no verde com 15 títulos em alta.

Em destaque, o BPI ganha 2,7%, a EDP 1,5%, a NOS 0,75%, a Sonae 1,9% e a EDPR 1%.
Ontem, o presidente do BPI, Fernando Ulrich, disse que está a estudar a possibilidade de comprar o Novo Banco.

Na agenda, o presidente do Banco Central Europeu, Mário Draghi, vai discursar nos Estados Unidos, a partir das 16 horas. Por volta das 13:30, hora de Lisboa, serão divulgados os dados semanais dos pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos, lembra a Reuters.

Ontem a Alcoa deu o pontapé de saída a esta época de resultados, surpreendendo pela positiva. Hoje será a vez da Pepsico.