O principal índice da bolsa de Lisboa, o PSI20, seguia esta segunda-feira a subir, com as ações da família Espírito Santo em alta, depois da confirmação da indicação de Vítor Bento e Moreira Rato para a liderança da instituição financeira.

O PSI20 seguia a avançar 0,33% para 6.855,46 pontos, com 12 títulos negativos e oito positivos.

As ações do Espírito Santo Financial Group (ESFG) lideravam os ganhos e seguiam a disparar 8,92% para 1,71 euros, seguidas das do Banco Espírito Santo (BES), que avançavam 7,05% para 0,81 euros.

O ESFG anunciou no sábado, em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que vai propor Vítor Bento para presidente executivo do BES e João Moreira Rato para administrador financeiro.

Se as propostas forem ratificadas na Assembleia-Geral de acionistas do banco, marcada para 31 de julho, o atual presidente da SIBS (entidade que gere o Multibanco) vai passar a liderar o BES, substituindo no cargo Ricardo Salgado, enquanto o presidente do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público (IGCP), João Moreira Rato, passará a ocupar o lugar de Amílcar Morais Pires, que chegou a ser um dos nomes apontados para suceder ao histórico líder do BES.

Do lado das perdas, a liderança pertence ao BCP, que seguia a recuar 1,13% para 0,11 euros, seguido do Banif, cujos títulos seguiam a deslizar também 1,01% para 0,01 euros.

A Galp seguia igualmente a pressionar, com as ações a caírem 0,89% para 13,43 euros.

A bolsa de Lisboa segue a negociar numa Europa negativa, com os investidores a aguardarem pela decisão da Reserva Federal (Fed), depois da casa de investimento Goldman Sachs ter emitido uma nota onde prevê que as taxas de juro de referência aumentem antes do esperado.