O PSI-20 abriu a última sessão da semana em alta e segue a ganhar 0,77% nos 7.293,67 pontos, a maior subida entre as principais praças europeias, um dia depois do Banco Central Europeu ter cortado as taxas de juro para um mínimo histórico de 0,15% e de ter anunciado um pacote de estímulos à economia.

Madrid segue a subir 0,4%, Londres ganha 0,3%, Milão e Frankfurt apreciam 0,2% e apenas Paris está em contraciclo, à semelhança do que aconteceu no encerramento da sessão de ontem, a descer 0,02%.

Em Lisboa, o PSI-20 está a ser impulsionado pela Mota-Engil, que trepa 6,7% nos 5,76 euros, depois de a empresa anunciar que ganhou um contrato nos Camarões de 2,6 mil milhões de euros.

Também o setor da banca ajuda aos ganhos: o BES sobe 2,3%, com cada ação a valer 1,09 euros, enquanto o BCP aprecia os mesmos 2,3%, fixando o preço das ações em 0,20 euros.

Destaque ainda para a PT, que sobe 1,9%, nos 2,75 euros por ação.

No vermelho está o Banif, a cotada que mais perde, 2,7%, com as ações a continuarem a valer 0,01 euros.