O PSI-20 encerrou o mês de agosto com perdas controladas de 0,6%, o resultado menos negativo desde março deste ano, escreve o Diário Económico.

A recuperação técnica do índice começou a 13 de agosto, depois de ter afundado mais de 17% em apenas 11 sessões, devido ao colapso do BES.

Até ao dia 12 de agosto, o PSI-20 perdeu 1.117 pontos, o que correspondeu a quase 10,5 mil milhões de euros. Deste então já recuperou 591 pontos, o equivalente a seis mil milhões de euros.

O setor da energia foi essencial para esta recuperação: EDP e EDP Renováveis ganharam 5,17%, a REN somou 3,15% e a Galp recuperou 1,81%.

A liderar os ganhos esteve a Teixeira Duarte, aos disparar 11,6%.

O setor da banca não conseguiu escapar às perdas: BCP desceu 3,44%, BPI depreciou 2,85% e Banif desceu 2,22%.