O PSI-20 terminou a semana em terreno positivo, ainda que com ganhos ligeiros de 0,12% nos 6.897,80 pontos.

Destaque para o setor da banca, em que o BPI e o BCP conseguiram inverter a tendência da quedas verificada ao longo da semana, depois de notícias que davam conta da intenção do BCP e BES aumentarem o capital. No caso do BES, a notícia confirma-se. O BCP diz ainda não ter tomado qualquer decisão.

A maior subida da bolsa de Lisboa vai mesmo para o BPI, que trepou 6,4% para os 1,63 euros, enquanto o BCP avançou 5,6%, com cada ação a valer 0,18 euros.

A retalhista Jerónimo Martins ganhou 1,7%, fixando o preço das ações em 12,70 euros. Já a EDP avançou 0,95% para os 3,39 euros.

No vermelho, destaque para a Portugal Telecom, que perdeu 3,98% nos 2,70 euros por ação. A travar maiores ganhos também esteve o BES que tombou 5,5%, com cada ação a valer 1 euro.

A maior queda foi do Espírito Santo Financial Group, que derrapou 7,6% nos 2,53 euros por ação.

A tendência de ganhos foi também sentida na Europa, com Milão e Madrid a subir 1,1%, Paris a ganhar 0,3%, Londres subiu 0,1%, enquanto Frankfurt desceu 0,5%.