O PSI-20 abriu a sessão no vermelho e já perde 1,69% nos 5.223,56 pontos, com apenas uma cotada no verde.

A liderar as quedas, a Pharol desce 4,1%, nos 0,26 euros por ação.

Também o setor da banca pressiona: o BCP derrapa 2,7%, com os títulos a cotar a 0,05 euros. O BPI cai 1%, nos 1,08 euros.

Ontem o banco enviou um comunicado à CMVM a informar que a Unitel rejeitou a proposta do banco de cisão de ativos em áfrica. A empresa de Isabel dos Santos quer ficar com o controlo do Banco de Fomento de Angola, pagando 140 milhões por 10% da instituição.

No verde, destaque para a Teixeira Duarte, que sobe 1,9%, com os títulos a cotar a 0,32 euros.

Na Europa, as praças financeiras também seguem em queda, a seguir o tombo das praças chinesas. Depois de perderem 7%, as bolsas de Shenzen e Xangai suspenderam a negociação, ao abrigo de um novo mecanismo que entrou em vigor este ano e que limita as perdas nos mercados.

Paris tomba 2,5%, Milão cai 2,2%, Frankfurt desce 1,1%, Madrid deprecia 0,9% e Londres desliza 0,5%.