O PSI-20 abriu a penúltima sessão da semana a ganhar ligeiramente, mas já inverteu a tendência e perde agora 0,38% para os 5.177,79 pontos, com sete cotadas no vermelho.

 

A liderar as descidas está a Jerónimo Martins, que tomba 4,9%, para os 7,58 euros, depois desta quarta-feira tem apresentado resultados relativos ao terceiro trimestre do ano. A cotada registou uma quebra de quase 16% nos lucros, relativamente ao período homólogo, para os 237 milhões de euros.

 

A Galp Energia também está no vermelho, mas cai ligeiros 0,1%, fixando o preço das ações em 11,48 euros.

 

E os ganhos ligeiros do setor da banca não estão a ser suficientes para impulsionar o índice lisboeta: O BCP avança 0,1%, nos 0,09 euros por ação, enquanto o BPI ganha os mesmos 0,1%, com as ações a valer 1,55 euros.

 

A PT é a cotada que mais sobe, trepa 2,6%, fixando o preço dos títulos em 1,15 euros.

 

Na Europa, as principais praças estão a negociar em alta ligeira, a reagir à decisão da Reserva Federal norte-americana de acabar com o programa de estímulos à economia, ao messo tempo que decidiu manter as taxas de juro em mínimos históricos.

 

Londres ganha 0,1%, Frankfurt avança 0,5%, Madrid sobe 0,7%, Paris aprecia 0,8% E Milão trepa 1,1%.