O PSI-20 arrancou a última sessão da semana em terreno negativo e assim continua, a deslizar 0,61% para os 5.180,63 pontos, com o setor da banca a pressionar.

Uma das cotadas que mais cai é a EDP, que deprecia 1,2%, com cada ação a custar 3,29 euros. Já a Galp está em contraciclo, a ganhar 0,3%, nos 11,49 euros por título.

No setor da banca, o BCP derrapa 1,2%, fixando o preço das ações em 0,09 euros. O BPI perde, mas menos, 0,6%, para 1,53 euros. O banco apresenta resultados esta sexta-feira, depois do fecho do mercado.

A travar maiores quedas do índice lisboeta está a Mota-Engil, que sobe 0,5%, nos 4,07 euros por ação.

Nota ainda para a PT, que ganha 1,05%, fixando o preço das ações em 1,06 euros, neste que é o segundo dia de recuperação técnica da cotada, depois dos fortes tombos do início da semana.

A imprensa desta sexta-feira dá conta de que há um novo interessado na corrida à compra da PT Portugal, o britânico Apax Partners.

Na Europa, as principais praças negoceiam também abaixo da linha de água, mas com perdas abaixo de 1%. Paris e Milão depreciam 0,6%, Londres cai 0,5% e Frankfurt e Madrid perdem 0,4%.