O PSI-20 foi o índice que mais desceu na Europa, encerrando a perder 1,95%, nos 7.465,32 pontos, com 16 títulos no vermelho.

A Espírito Santo Financial Group foi o que mais caiu, derrapou 7,94%, com cada ação a valer 3,98 euros. Destaque também para a construtora Mota-Engil, que desceu 3,1%, ara os 5,25 euros. Os CTT encerraram também em queda acentuada de 2.,9%, nos 7,80 euros.

No setor da banca, o BCE caiu 2,6%, fixando o preço das ações em 0,23 euros. Já o BES perdeu 2,5%, nos 1,37 euros.

Destaque para a Portugal Telecom, que contrariou a tendência de quedas ao avançar 0,4%, nos 3,24.

Na Europa, o desempenho das bolsas também não foi bom, com os principais índices a registarem fortes quedas. Milão derrapou 1,46%, Madrid caiu 1,19%, Londres desceu 0,56%, Frankfurt depreciou 0,3% e Paris caiu 0,25%.