O PSI-20 abriu a sessão em queda e perde 0,48%, nos 5.147,56 pontos, com apenas seis cotadas à tona de água.

Destaque para o Banif, que trepa 11,1%, com as ações a valer 0,0010 euros, a recuperar dos fortes tombos dos últimos dias. Só esta quinta-feira o banco encerrou a sessão a perder 30% e atingiu um novo mínimo histórico de 0,0009 euros.

Segundo o Jornal de Negócios o banco já lançou um novo processo de venda de 60% do capital detido pelo Estado.
Ainda no verde e a travar maiores quedas o restante setor da banca: o BCP avança 0,2%, mantendo o preço das ações em 0,05 euros. O BPI ganha 0,4%, para os 1,17 euros.

Do lado das quedas, lidera a Teixeira Duarte, ao descer 2,8%, nos 0,38 euros. A Jerónimo Martins pressiona o índice, ao depreciar 1,6%, nos 11,96 euros.

O setor da energia também segue no vermelho, com a Galp a descer 0,9%, para os 9,97 euros e a EDP a perder 0,8%, nos 3,10 euros.

Na Europa, as praças também seguem a negociar em queda ligeira: Frankfurt e Milão descem 0,3% e Londres e Madrid caem 0,2%.

Nota final para a bolsa chinesa e para a suspensão da negociação das ações da Fosun, dona da Fidelidade e Espírito Santo Saúde, depois de notícias que dão conta de que o presidente da empresa terá sido detido por suspeitas de corrupção.