O PSI-20 está a contrariar a tendência de abertura e segue já a perder 0,44% nos 5.700,75 pontos.

Recorde-se que na abertura a bolsa de Lisboa valorizava mais do que as praças europeias.

A Mota-Engil é a cotada que mais perde, 2,4%, com as ações a valer 4,27 euros. Também a PT já inverteu a tendência e derrapa agora 1,5% para os 1,36 euros.

No setor da banca, o BCP, que já somou esta sexta-feira mais de 1%, desce agora 0,5%, nos 0,09 euros. Já o BPI ganha ligeiros 0,2%, nos 1,32 euros por ação.

Fora do PSI-20, destaque para a Espírito Santo Saúde, que também contraria a tendência de abertura e desce 0,2% mas que fica o preço das ações em 4,34 euros, ainda acima dos 4,30 oferecidos pelo grupo mexicano Ángeles no âmbito da OPA.

Na Europa, as praças seguem agora todas a negociar no vermelho: Frankfurt e Milão perdem 0,5%, Paris desce 0,7% e Madrid derrapa 0,4.