A Bolsa de Lisboa arrancou a última sessão da semana com ganhos ligeiros e assim continua, ao somar 0,39% nos 5.894,64 pontos, em linha com os ganhos das pares europeias.

A cotada que mais ganha é o Banif, trepa 1,4% nos 0,007 euros.

Mas é a Galp Energia que suporta o índice, ao somar 1,02% para os 10,01 euros. Destaque também parta os ganhos da EDP, de 0,4%, com os títulos a cotar a 3,53 euros.

A Teixeira Duarte avança 0,9%, para os 0,78 euros por ação.

No setor da banca, o BPI está inalterado nos 1,41 euros, enquanto o BCP ganha 0,5%, estável nos 0,09 euros, isto num dia crucial para o setor: termina hoje o prazo para a entrega de propostas não vinculativas para a compra do Novo Banco.

A pressionar está a Mota-Engil, ao descer 1,2% para os 3,45 euros.

Na Europa os ganhos são ligeiros, no segundo e último dia do Conselho Europeu. Ontem o primeiro-ministro grego comprometeu-se a entregar reformas concretas nos próximos dias, depois de uma reunião com Merkel e Hollande.

Frankfurt soma 0,6%, Madrid ganha 0,4%, Londres avança 0,3% e Milão e Paris sobem 0,2%.