​O PSI-20 fechou a sessão ligeiramente acima da linha de água, a ganhar 0,06%, nos 5.337,02 pontos, com 10 cotadas no verde.

A NOS liderou os ganhos, ao trepar 4,7%, fixando o preço das ações em 4,94 euros. Ainda nas telecomunicações, seguiu-se a PT, que avançou 4,2%, com cada ação a valer 1,56 euros. Recorde-se que esta terça-feira o Jornal de Negócios noticiou que Barclays, UBS e o Merrill Lynch vão financiar 70% da proposta que os fundos Apax e Bain estão a preparar.

O setor da banca também valorizou, com o BCP a ganhar 3,8%, para os 0,08 euros. O BPI avançou 2%, nos 1,57 euros por ação.

A EDP não foi além dos 0,2% de valorização, a cotar 3,30 euros por título.

Do lado das perdas, destaque para os CTT, com uma queda de 1,9%, para os 7,58 euros.

A construtora Mota-Engil derrapou 2%, nos 4,08 euros, neste que foi o segundo dia de negociação em bolsa da subsidiária Mota-Engil África.

A Jerónimo Martins protagonizou a maior queda, ao tombar 3,8%, para os 8,31 euros.

Na Europa, os ganhos também foram ligeiros: Frankfurt subiu 0,7%, Madrid avançou 0,5%, Milão subiu 0.4%, Paris ganhou 0,3% e Londres somou 0,1%.