O PSI-20 segue a sessão a ganhar 0,22% nos 7.461,46 pontos, em contraciclo com as pares europeias, no dia em que o Estado coloca até 750 milhões de euros em obrigações do Tesouro a 10 anos, a primeira emissão do género desde o anúncio do fim do programa de assistência financeira. A expetativa é a de que pagará os juros mais baixos desde 2005.

Daí que o setor da banca esteja em alta: o BCP sobe 0,8% nos 0,20 euros e o BES avança ¿0,3%, com cada ação a valer 1,11 euros.

No setor das Telecom, destaque para a PT, que trepa 1,1% nos 3,02 euros, a acompanhar a tendência de alta das ações da Oi.

A travar maiores ganhos, a EDP, que desce 0,2%, nos 3,69 euros, assim como a Mota-Engil, a cotada que mais perde, a derrapar 1,4%, fixando o preço das ações em 6,16 euros.

Na Europa, as principais praças negoceiam abaixo da linha de água, depois do Banco Mundial ter revisto em baixa a sua perspetiva de crescimento para a economia mundial: Frankfurt cai 0,1%, Londres desce 0,2%, Madrid e Paris derrapam 0,4% e Milão tomba 0,7%.