A Bolsa de Lisboa abriu a última sessão da semana no vermelho, segue a cair 0,69%, nos 4.716,22 pontos, com apenas uma cotada no verde.

A liderar as quedas, a Teixeira Duarte desliza 4,6%, nos 0,27 euros. A Mota-Engil pressiona o índice, ao cair 2.1%, para os 1,59 euros por ação.

Também o setor da banca segue no vermelho: o BPI desce 0,9%, com os títulos a cotar a 1,03 euros. Já o BCP desce 0,6%, a manter-se nos 0,03 euros por título.

A travar maiores quedas, a Galp avança 0,2%, para os 10,48 euros, numa altura em que o preço do petróleo segue em baixa ligeira. O Brent está a cotar a 34,22 dólares no mercado de Londres

Na Europa, as bolsas seguem sem tendência definida, com o foco dos investidores no resultado da Cimeira de Líderes. Em causa está a possibilidade de um acordo que permita manter o reino unido na União Europeia.

No vermelho, Milão cai 0,3%, enquanto Frankfurt e Paris descem 0,2%. No verde seguem Londres e Madrid, a ganhar 0,2%.