O PSI-20 abriu no vermelho e cai quase 1% nos 5.542,36 pontos, com todas as cotadas a registar perdas.

A que mais cai é a Jerónimo Martins, desliza 2%, nos 13,35 euros.

No setor da banca, o BPI perde 1,2%, para 1,02 euros, com os investidores a reagir à notícia que dá conta de que o banco quer vender o banco de fomento angola. Tem 88% no peso dos lucros do BPI.

Já o BCP deprecia 0,8%, mantendo os títulos a cotar a 0,06 euros.

A Pharol é a cotada que menos cai, 0,4%, nos 0,26 euros por ação.

Nota ainda para o mercado secundário, no dia em que Portugal coloca até mil milhões de euros de dívida pública. Os juros das obrigações do tesouro a 10 anos estão a cair, fixam-se em 2,48%, as OT a cinco anos descem para 1,23% e a dois anos os juros estão a 0,38%.

Na Europa, a preocupação com a economia chinesa está a pressionar as bolsas: Paris derrapa 1%, Frankfurt e Milão caem 0,7%, Londres perde 0,5% e Madrid desliza 0,4%.