A bolsa de Lisboa abriu a sessão em queda, arrastada pelas congéneres europeias, cujos investidores receiam o escalar da tensão geopolítica na Ucrânia.

O presidente ucraniano interino, Olexandre Turchinov, acusou no domingo a Rússia de conduzir uma guerra contra a Ucrânia e adiantou ter lançado uma grande operação antiterrorista para acabar com os confrontos.

Madrid desce 0,9%, Frankfurt cai 0,7%, Londres e Paris depreciam 0,3% e Milão desce 0,2%.

Por cá, é o setor da banca que mais pressiona o índice, que cai 0,64% para 7.286,92 pontos. O BES derrapa 1,9%, com cada ação a valer 1,25 euros, já o BCP cai 1,9%, fixando o preço das ações em 0,21 euros.

Destaque também para a PT, que deprecia 0,87%, para os 3,18 euros. No setor da energia, a EDP cai 0,2%, para os 3,19 euros.

Do lado dos ganhos, destaque para a Impresa, que sobe 2,0%, com cada ação a valer 1,94 euros.