A Bolsa de Lisboa, que tinha arrancado a sessão em terreno positivo, está a afundar 3,39%, nos 5.01,11 pontos, com as 18 cotadas no vermelho e com 13 delas a perder mais de 2%.

 

A cotada que mais cai é a Jerónimo Martins, afunda 7,8%, nos 7,35 euros por ação. A empresa divulgou esta quarta-feira uma quebra de quase 16% nos lucros, relativamente ao período homólogo, para os 237 milhões de euros.

 

Na lista das quedas a Jerónimo Martins é seguida pelo BCP, que tomba 6,7% e fixa o preço das ações em pouco mais de 0,08 euros.

 

O BPI cai 3%, fixando o preço dos títulos em 1,50 euros.

 

No setor da energia a Galp deprecia 3,3%, nos 11,11 euros por ação. Já a EDP cai 2%, nos 3,27 euros por ação.

 

Finalmente, a PT, que derrapa 0,7%, com cada ação a valer 1,12 euros.