Portugal vai regressar aos mercados no dia 15 de abril. A informação foi veiculada pelo IGCP, que revela que para esse dia estão marcados dois leilões de Bilhetes do Tesouro.

O montante indicativo global situação entre os mil milhões e os 1250 milhões de euros e os leilões tem maturidades a três e onze meses, segundo o instituto que gere a dívida pública.

Os leilões acontecem numa altura em que as taxas de juro continuam em mínimos históricos. A taxa a dois anos tocou terreno negativo, segundo as contas da Bloomberg.

No mês passado o IGCP revelou que o Estado vai emitir mais 4.000 milhões de euros este ano do que o inicialmente previsto e reduzir a almofada financeira em 2.000 milhões de euros para reembolsar o FMI.